MBA em Big Data, vale a pena?

Conversando com um amigo da área, ele me questionou se vale realmente a pena investir no MBA, em especifico de Big Data. Afinal, a média de um MBA está entre 20k a 30k (variando de Instituição para Instituição).

Ficamos algum tempo conversando sobre isso e chegamos em algumas conclusões:

Depende do seu objetivo a curto e médio prazo. Hoje em dia principalmente para o mundo da Tecnologia, as certificações na minha opinião ainda são muito importantes, devido a diversos aspectos, comprovação de conhecimento, compliance entre fornecedor (consultoria) e clientes, estilo do mercado, entre outras.

Atualmente estou cursando MBA na FIAP e no primeiro dia de aula o coordenador do curso falou assim:
“Se você está aqui achando que vai sair o “mestre Hadoop”, que vai desenvolver horas e horas em Python, desculpe, esse curso não é para você.”

Fiquei me perguntando, qual seria o publico de um MBA (até para saber se realmente faria sentido pra mim) e hoje com quase 80% do curso concluído, percebo que o MBA fez sentido na minha vida no aspecto conhecimento macro, explico, eu vim da área de banco de dados e estava aos poucos colocando os pés no mundo de Big Data, o qual, antes do MBA era totalmente obscuro. Com o andamento do curso, fui tendo acesso a diversas informações, tecnologias e principalmente o contato com pessoas que já trabalhavam na área e assim fui criando reconhecimento do terreno e a minha visão do que é Big Data e poder disso tudo. Diria, que o contato com os amigos do curso é uma das “disciplinas” mais importante, as vezes, um café de 10 minutos vale uma aula.

O MBA vai te dar um conhecimento macro, um norte sobre os assuntos, cabe a você se aprofundar onde entender que existe a necessidade de adquirir mais conhecimento, extraindo o máximo. Sempre que você aprendo algo novo, percebe que ainda não sabe nada (rsrs).


Então, para responder a pergunta inicial: “MBA em Big Data vale a Pena?“, Na minha opinião, Sim, vale a pena, desde que você tenha ciência do real objetivo do MBA.

Se entende que prefere algo mais técnico, indico outras formas de aprendizado, inclusive no modo online tem diversos (Udemy, Udacity, Coursera, etc).

Print (“Valeu e até o próximo post”)

Luiz Henrique Garetti

Comente sobre isso: